Escoliose



A escoliose é um desvio da coluna vertebral que se caracteriza por uma curvatura lateral e pode ocorrer no segmento torácico ou lombar.
A escoliose pode ser uma condição congénita, que se observa no nascimento e pode ser causada por um defeito nas costelas ou nas vértebras. Pode também dever-se a um distúrbio num músculo esquelético devido a uma paralisia cerebral, distrofia muscular ou pólio. A escoliose mais comum é a que aparece numa coluna anteriormente recta e que pode ter várias causas, nomeadamente posturas incorrectas, disparidade de comprimento dos membros inferiores, contracturas musculares, etc.
A escoliose pode manifestar-se em qualquer idade e é cada vez mais comum em adolescentes devido ao uso de mochilas demasiado pesadas e a uma má postura. 
Normalmente, para manter o equilíbrio, surge uma curva compensatória na coluna como consequência da escoliose. É chamada de dupla escoliose e a sua correcção é mais difícil, pois os exercícios realizados para reduzir uma das curvaturas podem aumentar a outra.
O Pilates é bastante benéfico para pacientes com escoliose pois proporciona um melhor alinhamento corporal e vertebral, fortalecendo e alongando os músculos e reduzindo as tensões musculares e as compressões discais. O corpo adquire uma maior flexibilidade e os pacientes com escoliose beneficiam de alívio das dores, correcção postural e prevenção do agravamento da doença.
Como método de reabilitação da escoliose, o Pilates baseia-se no grau da lesão, na intensidade dos sintomas e na capacidade de execução dos exercícios pelo aluno. 
Enviar um comentário